Por Que Você Não Vem Morar Comigo?

Por Que Você Não Vem Morar Comigo?
Chico César

Por que você não vem morar comigo
Alimentar meu cão, meu ego
Cansei de ser assim, colega
Não sei mais ser só seu amigo

Eu quero agora ser o seu amado
Você me deixa a perigo
O amor me corta feito adaga
Mas vem você e afaga
Com afeto tão antigo

Você não leva a sério o que eu digo
E enche a taça que me embriaga
Me prega em cruz feito jesus de praga
Mas sempre me defende e compra minhas brigas

Não ligo
Se é amor ou amizade vaga
Dizem que o amor a amizade estraga
E esta a este tira-lhe o vigor

Não ligo
Se é caretice ou romantismo brega
Um dia em mim essa aflição sossega
More comigo e traga o seu amor

Adoro o jeito que você me pega
Me chama de meu nego, minha nega
E quando me abraça e eu me entrego
Vem você e diz cuidado com esse apego

Amigos falam que esse mico eu pago
Pois mudo logo quando você chega
E acende a luz, mas essa luz me cega
E abre em rosa a pedra que no peito eu trago

Anúncios
Publicado em Musicas | Deixe um comentário

Depois de ter voce…

Pra que querer saber

Que horas são?

Se é noite ou faz calor
Se estamos no verão
Se o sol virá ou não
Ou pra que é que serve
Uma canção como essa?

Depois de ter você
Poetas para quê?
Os deuses, as dúvidas
Pra que amendoeiras pelas ruas?
Para que servem as ruas?
Depois de ter você…

Publicado em Musicas | Deixe um comentário

Amor..

Amor é desejo …

Desejo é vontade de ter aquilo que falta …

Só sentimos falta daquilo que não temos …

Publicado em Sem-categoria | Deixe um comentário

Solidão …

Minha solidão não tem nada a ver com a presença ou ausência de pessoas… Detesto quem me rouba a solidão, sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia….

Nietzsche

Publicado em Sem-categoria | Deixe um comentário

Liberdade …

Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta, não há ninguém que explique e ninguém que não entenda.

Cecilia Meireles

Citação | Publicado em por | Deixe um comentário

O essencial

Vídeo | Publicado em por | Deixe um comentário

Quem dera a vid…

Quem dera a vida fosse…uma sucessão de primeiras vezes.

Nota | Publicado em por | Deixe um comentário